O QUE É MACRAMÉ?

“O Macramé é uma técnica de tecer fios que não utiliza nenhum tipo de maquinária ou ferramenta. É uma forma de tecelagem manual. Trabalhando com os dedos, os fios vão se cruzando e ficam presos por nós, formando cruzamentos geométricos, franjas e uma infinidade de formas decorativas.” – Essa definição encontrada no site da Wikipedia resume de forma sucinta essa técnica milenar até hoje tão usada por artesãos e artistas ao redor do Globo.

Cada artista tem suas técnicas particulares de tecer o macramé, desde a forma de fixar os fios aos acabamentos finais. Alguns tecem sobre almofadas, prendendo a trama através de alfinetes, outros amarram os fios em preguinhos sobre uma madeira, outros usam pranchetas, ganchos de papéis, amarrando fios na cintura e nos pés, etc.

Apesar de existirem dois nós basicamente mais usados, o que define a beleza e diferença entre um trabalho e outro é a criatividade do artista em combinar esses nós, trocando de um lado para outro, subtraindo e anexando fios, cores, contas, pedras, etc.

Outro diferencial e de suma importância na qualidade das peças tecidas é o acabamento final. Fios de nylon frequentemente são

queimados no fim das peças e essa é uma das etapas mais importantes para garantir uma qualidade impecável da peça. Fios de algodão ou materiais não sintéticos precisam ser terminados com nós precisos e fortes no acabamento, geralmente sendo utilizadas as franjas para esse fim.

É uma arte que se originou na pré-história, quando o homem aprendeu a amarrar fibras para se agasalhar e criar objetos. Foi difundida no mundo por marinheiros que utilizavam a técnica para criar objetos marítimos que permutavam nos locais onde desembarcavam.

Até hoje a arte de dar nós é muito apreciada pela habilidade do artesão, delicadeza do trabalho e criatividade.

A Kaviah utiliza principalmente a técnica Macramé em suas peças, por vezes misturando com outras técnicas artesanais como o “alambrismo”, filigrana, tranças em couro e etc. E tem como objetivo principal criar peças diferenciadas, com identidade única e perfeito acabamento, resgatando essas técnicas dos povos originários e trazendo para nossa época atual em forma de jóias, acessórios e adereços diversos.